23/02/11

JOAQUIM MONTEIRO




Delírio de amor… 


Quem és tu…. Que me acompanhas 
nesta Veneza de águas tangendo ais. 

Quem és tu.... Mulher misteriosa 
que na gôndola teu corpo ondeias,  
serpenteando desejos em meus olhos.  
Qual máscara, qual mistério te habita,  
se teu coração desordenado bate,  
de cada vez, que na água se precipita,  
a vara timoneira da paixão.  

Quem és.... Neblina de águas sibilinas, 
nos canais à tona transportada, 
com aromas de espadas ancestrais, 
que pelos teus cabelos, se travaram 
de razões, em labaredas passionais. 

Quem és tu.... Que nos frescos retratada,  
em palácios de mercadores anunciada,  
no intimo de cada nota escutada,  
de comensais amores, em oiro proclamada.  

Quem és.... Num quarto de cambraia desposada 
depurada de todas as mesuras, de salão, 
estás agora, nua, de castiçal na mão, 
à espera de despudorada noite de paixão. 

Quem és.... Que me levas assim em tua gôndola 
por canais de prata alucinada 
deixando em cada esquina de luz coada 
o fantasma de meu ser, assim tomado. 

Morro em teus braços a sorrir, 
afinal, depois da mascara retirada, 
não és mais que a mulher lunar, 
por mim sonhada e amada no delírio. 


Joaquim Monteiro 

2011-02-22 







Um grão de areia no Universo,soprado por alguns ventos.
Um esqueleto vaidoso com um sopro de vida.

ESCREVO PORQUE VIVO...

No poente a esperança habita.....e é mais doce e terna a luz solar.

Quanto tempo...demorará, o caminho até à plenitude?

Chegaremos alguma vez?

Cabe em ti um amor grandioso....mas não serei eu...

a medir esse amor....porque em mim...o grandioso ainda está longe!!

E a musica branca e demorada que por algum tempo habita em mim......

não me dá esse arrebatamento de terra mística!!
 
 




Uma vertente musical, deste nosso amigo poeta!
(Coral Polyphonia)


 
 
 
 

7 comentários:

Anónimo disse...

Está muito bonito e atraente, este teu blogue, Céu. Parabéns!
Gosto muito da tua nota de apresentação e da última frase «Não sou poeta, apenas desenho sentimentos» :) Percebo, também sinto assim...
Já guardei nos favoritos... Mas tenho já de pedir a tua compreensão por poder não vir tantas vezes quanto me apeteceria, de certeza, porque tenho de andar sempre a 'enganar' o tempo, para ele não me abandonar. Ah.. e a canção também é tão linda, com um dos meus poemas preferidos...
Boa noite, dorme bem!
Conceiçao F.

Mario disse...

Tenho lido ultimamente alguns poemas de Joaquim Monteiro. Gosto da sua poesia e acho esta especialmente admirável.
Estou a preparar a condecoração adequada para premiar o teu talento para descobrires estas verdadeiras obras primas.
Parabéns, Céu!

Parole disse...

"Morro em teus braços à sorrir..."

Lindo esse morrer.

Bjs

Antonia Ruivo disse...

Em boa hora aqui cheguei, deliciei-me ondulando nas palavras do poeta.

Paula Raposo disse...

Gosto muito do que escreve o Joaquim e tive o privilégio de o ter presente no meu último livro, onde ele leu um poema meu! Beijos.

Seçil Zoral disse...

Merhaba Ceu..
size iyi geceler öptüm
http://i1201.photobucket.com/albums/bb357/esmerimagescole/esmerim-8.gif

MJV disse...

Tenho estado a seguir este Blog e gosto muito.
Reparei que ele tem colaboração de outras pessoas que escrevem... Gostaria de saber se posso aqui neste espaço colocar algo do que escrevo..

Não sou poeta, apenas tento desvendar o sentimento que me envia a minha alma..
cumprimentos, joaquina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...