16/10/11

PATRÍCIA LOPES



Não me procures
pois,eu ja nao existo
nao te esforçes
quando tudo em mim ja esta extinto
a noite impiedosa ditou a minha sina
e hoje deambulo a perguntar-me pelo ontem
por essa vida que nao so a mim pertencia
por essa vida que me foi roubada
andando a minha alma numa luta desmedida
para no final resultar em nada
na escuridao sem luz deambulo anseando pela madrugada
acreditando e sonhado que um dia deixarei de simplesmente dar ao nada
guardem as vossas palavras hipocritas na vossa gaveta
so as soltem perante mim senao for para me agradar
nao necessito pertencer a tal patamar
nao gosto de caminhar sem saber que terrenos estou a pisar
hoje sou simplesmente uma observadora atenta
que se limita a ver o quanto mediocre os seres podem ser
porque neste momento estou ocupada
a apanhar os fragmentos de mim a um sitio que julgava pertencer.
Nada simplesmente...




Achei importante dar-me a conhecer um pouco,vistos que nao é so por um rosto,
uma mera foto que define uma pessoa.adoro teatro e tudo o que
 esteja ligado à área da representação,ja realizei pequenos papeis de
 figurantes na produção da NBP,faço teatro amador dentro do Grupo Cénico da Incrivel Almadense,
adoro poesia e escrever,recitar poemas,
recito quando possivel numa associaçao cultural de nome Poesia Vadia em Almada,
gosto muito de fotografia tirar fotos,apesar de ser uma amadora no campo da fotografia,
gosto sobretudo de tirar fotos a paisagens que me transmitam algo,ou
aquelas que me trazem inspiraçao como me traz a pureza que
se encontra na bela Natureza,gosto muito de sitios orientais que acima de tudo tenham cultura,
historia como o Japao,onde sonho um dia viajar pela sua vasta flora,pela sua cultura,
acho muito interessante e fascinantes os tipos de teatro caracteristicos do seu país.
fascina-me muito a animação japonesa,sobretudo porque os realizadores recriam situaçoes e
 personagens com personalidade caracteristicas da sociedade actual,e acho que
por tras passa sempre uma mensagem pertinente.gosto muito de crianças e gosto muito
quando as faço sorrir,rir,tambem escrevo musicas,a sua composiçao lirica quando me
vem a melodia a cabeça.sou muita apaixonada pelo mundo da Arte e gostava de ter a
oportunidade de ir mais longe,explorar esse mundo que tanto me fascina e arregala
os meus olhos quanto mais caminho por ele.gosto do teatro que procura sempre transmitir uma
 mensagem por tras,muito mais que uma bela risada,e que tambem transmita emoçoes
 aos seus expectadores seja elas quais forem,mas que consiga transmitir algo
a quem assiste.para mim é onde a magia esta envolvente,nao precisamos de estar em cima
de um palco para brilhar,mas sim sentir verdadeiramente o papel que estamos a
representar.o que eu acho fascinante no teatro nao é so o facto de vestirmos a roupa
 de uma personagem,ou a sua personalidade,mas sim as emoções que passamos para o exterior,
a mensagem que se tenta sempre transmitir,que se tenta que chegue a todos os corações
 seja ela qual for.



2 comentários:

Mário disse...

Hoje vim aqui... não por convite nem pelo chamariz da publicidade. Hoje vim procurar-te AQUI, porque é aqui tu vives e te realizas... vim aqui porque senti saudades...
Beijo amiga Céu!

EU disse...

Vim porque, como infelizmente o tempo é muito escasso, vi a publicidade. Continua lindo este espaço, por isso os poemas que aqui divulgas ainda brilham mais!
Gostei imenso!!!
Bjos par ti, Céu, e autora :) :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...