08/10/10

VASCO RIBEIRO




Queria ser poeta para te enlevar com versos sublimes
ser músico para te encantar com etéreas melodias
ou ainda pintor que traduziria numa enorme tela
tu como a mais linda Vénus algum dia concebida.
Mas sou tão-somente um velho guerrilheiro
tatuado de cicatrizes de fragorosas batalhas
que resiste ainda, machucado mas nunca vencido,
sobraçando um fuzil de palavras que são balas
e erguendo bem alto a bandeira da Fraternidade.



Vasco Ribeiro
Seixal, 5/10/2010



2 comentários:

Anónimo disse...

Vasco
Você é um Poeta
É mais que um Poeta
Seu corpo é uma tela tatuada nas palavras e nas cores
Gostei...senti cada palavra
Angelina Andrade

Dina Rodrigues disse...

Não é poeta? Quem escreve assim... Então é o quê? Gostei muito!
Dina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...