22/09/10

MARIA JOSÉ LACERDA



...de hora a hora a vida muda...e...acontece mais uma história...dentro da mesma história...vou falar de mudanças...porque as mudanças são importantes na nossa vida...mas algumas por vezes sonhamos nunca ter que as tomar... acostumamos-nos com a vida quieta com "certezas" mínimas...e...custa sempre largar...abrir mão delas...não gosto de ouvir dizer que larguei tudo...e... que não estou a sentir nada...porque é isso que quero...a nossa condição humana não é assim tão simples...sentimos até quando um par de sapatos velhos que gostávamos muito tem que ser finalmente jogados no lixo... agora imaginemos falar de uma forma tão leviana sobre mudar sentimentos enraizados pelo tempo...não são fáceis de descartar...e...num passe de magia...apagar ...ou...simplesmente... passar uma borracha...e... a folha do coração ficar em branco...limpa...para rescrever um novo guião ...hoje as mudanças andam por todo o lado...é um tentar acordar amanhã com um novo rumo traçado que fico a tremer... apavorada...sem saber o que fazer... porque me sinto enganada...na ideia que tenho sobre as pessoas...parece que tenho andado a escrever palavras numa pedra de gelo...que ao derreter desapareceram...e...nada restou...para além de um pouco de água...que se limpou...ou o tempo secou...algumas pessoas pelo meio onde estão inseridas...ou por circunstâncias da vida... afinal mudam...honestamente?... mesmo sem percebermos muito bem como isso acontece...todos nós mudamos...alguns menos ...outros mais...mas...realmente nada permanece igual...igual só...muitas vezes... mesmo...a ilusão de que o estamos...é preciso por isso entender...que as mudanças se devem fazer com muito bom senso...e... reflexão...e...se isso já foi feito...ver se não ficou nada esquecido...por fazer...ou dizer...para mais tarde não se descobrir que afinal foi um erro que não devia acontecer ...vou ser mais profunda ...é necessário que o seja...mesmo que tenha que doer...se o coração mesmo mal resolvido...com os sentires deixados noutro lado...talvez...no passado...por algo nunca assumido...não poder ser ouvido...(atenção que o que vou dizer...não tem nada a ver com o que alguém deve fazer...apenas falo por ses...)...talvez seja a hora de esquecer o coração ...e...viver com a razão... talvez que para alguns seja mais seguro viver com as certezas da razão...de que com as incertezas do coração...eu não sirvo de exemplo para ninguém...sou só uma simples mulher...algo crescida (apesar do meu apenas 1,58cm) ...que nunca deu ouvidos à razão da sua mente...onde o coração comanda toda a sua vida sem razão...os sentimentos enraizados são difíceis de largar... de esquecer...e...por vezes a lembranças de um simples cheiro...pode fazer-nos despertar... lembrar...o que éramos...o que que queríamos...e...o que sentíamos...e...isso simplesmente fazer-nos sentir frustrados...por nos sentirmos enganados pela diferença da vida idealizada...e...aquela em que na realidade vivemos...balançando...entre o sonho...e...a realidade...cada um deve escolher o que quer fazer da sua realidade...mudá-la...ou continuar...sem se deixar influenciar...apenas acreditar...que em si está a força para caminhar...seja qual for a escolha...nas mudanças que efectuar...(...hoje reli...e...o que li...fez-me morder os lábios...porque reconheço que posso estar a cometer um terrível erro que me fará chorar...por não conseguir ser de outro jeito...mas nunca apreendi a ser desleal...e...a colocar-me a mim em primeiro lugar...e...é assim que me gosto...e...que quero continuar a ser...)...

Lisboa, 20 de Setembro de 2010....




...penso...que o que digo...e...
sinto fica muito aquém do que poderia dizer...ou sentir...
se o conseguisse em simples palavras exprimir...



9 comentários:

CÉU ROSÁRIO disse...

"vivemos...balançando...entre o sonho...e...a realidade...cada um deve escolher o que quer fazer da sua realidade...mudá-la...ou continuar...sem se deixar influenciar...apenas acreditar...que em si está a força para caminhar...seja qual for a escolha...nas mudanças que efectuar...|
Obrigada Maria José, as tuas palavras vão direitinhas para mim!
O meu carinho e amizade!

Maria José Lacerda disse...

...olá Céu...boa noite...se uma câmara estivesse por aqui para registar a minha cara ao deparar com a abertura do teu "Toque de Midas"...rebolarias a rir...porque devia estar mesmo com a boca aberta...e...cara de parva...ihihih...depois...segui adiante... vi os demais felizardos...com o teu carinho contemplados...e...fiz um sorriso...de orelha a orelha...parabéns pelas escolhas...ocorreu-me neste exacto momento (00H41M)...que ainda não percebi o que vês em mim amiga...mas...(por esta altura acho que já sabes que tenho sempre um mas)...de coração agradeço o teu carinho... lembrei-me de nós amigas noutros espaços já faz algum tempo...e...da tua presença sempre amiga ...num tempo algo complicado da minha vida...

...quem me dera ser poeta

...amiga quem me dera
...saber ser poeta
...e escrever
...num quadro intemporal
...lindamente emoldurado
...de palavras sem igual
...palavras repletas de emoção
...saídas do coração
...palavras assim nascidas
...de um interior tão profundo
...pudessem dizer ao mundo
...mais que um agradecer
...amiga fiquei mais rica
...depois de te conhecer

Anónimo disse...

Olá, amiga, leia:

PARA UM LINDO DIA
(Marcial Salaverry)

Começando o dia com lindos desejos,
a felicidade certamente estará em todos os lugares
onde as pessoas tenham a alma aberta
e saibam receber a amizade que flutua no ar...
Que os corações estejam abertos
para receber o amor, a amizade
e certamente uma grande felicidade...
Um lindo dia para todos...

Um abraço!

Anónimo disse...

Pois eu conheci a Maria José à pouco e foi como um reencontro!
Continuei a gostar dela.
Apesar de pensar que sei enviar virus...:)
Não nem quero. Mesmo assim fiquei triste...
Mas só por um bocadinho! :)
Beijo
Filipe N

Anónimo disse...

...olá Filipe...não peço desculpa do pensar... apenas peço que esqueças o que falei...e...não fiques triste...pelo menos esclarecemos...alguns pequenos mal entendidos...de parte a parte...e... fiquei com a certeza que existes...que não és apenas um nome...que enfeitava o meu perfil...gostei...também...do nosso encontro/reencontro...beijo amigo...

Anónimo disse...

...esqueci de postar o meu nome no final comentário...Maria José Lacerda...

Maria José Martins Mendes disse...

Olá Rosarinho sou amante da leitura quer em verso quer em prosa e, como adorei a tua casinha que mais parece um castelo de fadas encantadas,vais-me ter cá assiduamente para beber tantos sentimentos!!!
Obrigado e se me permites mando-te um enorme beijinho.
Mizé Couto

josenaide coelho disse...

Eitcha vírus danado...

Mena disse...

Lindo amei.... beijinhos as duas.
Maria José Lacerda e Rosarinho
Vou levar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...